Reduzir fonte Letra tamanho normal Aumentar fonte
Portuguese English French Italian Spanish

Revista municipal é exemplo nacional

barquinhaviva

A celebrar 15 anos de existência, a revista municipal “Barquinha Viva” foi reconhecida pela Agência para a Modernização Administrativa (AMA), como uma das boas práticas da Administração Pública (AP) em Portugal.
A publicação oficial do Município está, desde agosto de 2014, incluída no Mapa de Boas práticas da AP do site da Rede Comum do Conhecimento, uma Rede que apoia e fomenta a partilha de Boas Práticas na Administração Pública, inserida na AMA - Agência de Modernização Administrativa, sob a tutela da Presidência de Conselho de Ministros.
Numa altura em que as plataformas digitais assumem uma componente importantíssima na comunicação, a revista passou a ser publicada em formato exclusivamente digital. A opção da autarquia visa economizar recursos e tirar partido das novas tecnologias de informação, continuando a estabelecer um elo de ligação com os seus munícipes.
O número 31 da revista municipal de Vila Nova da Barquinha (julho de 2014) foi o primeiro em versão exclusivamente digital, que prescinde assim da publicação em papel.
A “Barquinha Viva” foi publicada pela primeira vez em dezembro de 1999. Surgiu com o objetivo de colmatar a escassez de informação acerca da atividade municipal veiculada para o exterior, num formato e numa linguagem acessível ao comum dos cidadãos. Sem periodicidade certa e com uma tiragem média de 4000 exemplares por edição, era distribuída em todo o concelho.
Atualmente, e com o início da publicação em versão unicamente eletrónica, o objetivo do Município é oferecer informação de qualidade, que vá de encontro aos atuais padrões de exigência dos cidadãos, em suportes modernos e de baixo custo.

Novo Site: Mensagem do Presidente

presidente

“Só se ama aquilo que se conhece”. Com a construção de um novo site queremos dar a conhecer o nosso concelho.

Vila Nova da Barquinha é um território que protagoniza qualidade de vida e um pólo emissor de fluxos laborais qualificados e especializados. Muitos dos seus habitantes encontram o seu posto de trabalho fora do nosso concelho mas escolhem este território para residir. Tal opção deve-se às excelentes condições que o mesmo oferece quer pelos serviços públicos que coloca à disposição dos munícipes (novos equipamentos escolares: Escola D. Maria II e Escola Ciência Viva, Loja do Cidadão, etc.) quer pela centralidade geográfica e acolhimento empresarial (Centro de Negócios de Vila Nova da Barquinha) a “porta norte” da grande região de Lisboa, com ligações privilegiadas aos caminhos-de-ferro e às autoestradas A23 e A13.

Este Concelho, onde existem 4 unidades militares (Brigada de Reação Rápida, Escola de Tropas Aerotransportadas, Regimento de Engenharia n.º 1 e Unidade de Viação Ligeira do Exército, todas sediadas no polígono de Tancos) é detentor de elementos patrimoniais projetados para satisfazer níveis de procura nacionais e internacionais. A diversidade do património natural, o seu grau de preservação, a notoriedade do património construído constituem uma forte alavanca para a criação de emprego e riqueza. São disso exemplo: o Castelo de Almourol, o Parque de Escultura Contemporânea de Almourol, o Centro Integrado de Educação e Ciências, a Igreja da Atalaia, o rio Tejo e a sua gastronomia. Nos últimos anos a oferta turística baseada no património e na cultura, tem registado um incremento significativo. A Barquinha está a acompanhar esta tendência. Tem crescido o número de visitantes aos seus monumentos nacionais (Castelo de Almourol e Igreja da Atalaia), ao parque e às exposições de âmbito nacional. Criámos alojamento com mais de 100 camas em 2015.

Vila Nova da Barquinha é um local de participação, inovação, modernização e uma excelente terra para aprender, trabalhar e viver.

Dê a conhecer e venha descobrir Vila Nova da Barquinha!

Esta página requer cookies para o seu bom funcionamento. Para mais informações consulte a politica de privacidade. Politica de privacidade .

Aceitar utilização de cookies
Politica de cookies