Reduzir fonte Letra tamanho normal Aumentar fonte
Portuguese English French Italian Spanish

Posto de carregamento de veículos elétricos em funcionamento na Barquinha

posto ve

Já pode carregar o seu automóvel elétrico no centro histórico de Vila Nova da Barquinha. Entrou em funcionamento no dia 19 de dezembro de 2018 o novo carregador rápido (20 – 30 minutos) de veículos elétricos instalado na Rua Marechal Carmona, em frente à Igreja Matriz, com capacidade para 2 veículos. Numa primeira fase, os carregamentos serão gratuitos. Após o período experimental de algumas semanas, passarão a ser praticados os preços comuns à restante rede pública nacional.

A medida surgiu na sequência do Protocolo de Colaboração Institucional “Promoção da Mobilidade Elétrica na Região do Médio Tejo” celebrado entre a Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo (CIMT) e a MOBI.E (Mobilidade Elétrica) para a instalação de postos de carregamento de veículos elétricos nos municípios da CIMT. Na primeira fase deste projeto piloto foram abrangidos os municípios de Vila Nova da Barquinha, Abrantes, Entroncamento e Sertã, que dispõem de duas tomadas com 22 kW de capacidade cada.

Poderão utilizar este posto os aderentes ao cartão MOBI.E, que dá acesso a todos os postos de carregamento da rede pública. A mobilidade elétrica é um importante contributo para a mobilidade sustentável e para o aumento da eficiência energética no transporte.

A Câmara Municipal de Vila Nova da Barquinha criou entretanto um Plano Municipal para a Mobilidade Elétrica. O documento enquadra e programa as ações de promoção, incentivo e implementação da mobilidade elétrica no município, em coerência com as orientações nacionais e no respeito das especificidades locais. No conjunto de medidas de incentivo previstas pelo Plano destacam-se a criação de estacionamentos dedicados para veículos elétricos e a adoção de veículos elétricos na renovação da frota municipal.

Associação de Agricultores recruta sapadores florestais

viatura sapadores florestais

A Associação de Agricultores de Abrantes, Constância, Sardoal e Mação e o Município de Vila Nova da Barquinha estão a recrutar sapadores florestais, com vista à constituição de uma equipa composta por 5 elementos para atuar no concelho.

Apoiada por uma viatura todo-o-terreno, esta equipa ficará posicionada na freguesia de Praia do Ribatejo, para operar durante os próximos 5 anos, na sequência de uma candidatura apresentada por aquela associação e aprovada pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas.

Os interessados deverão possuir obrigatoriamente os seguintes requisitos: experiência em trabalhos de silvicultura, condição física adequada, 9º ano de escolaridade e carta de condução. Para mais informações ou envio do CV poderão contactar o e-mail Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. ou dirigir-se à Associação dos Agricultores dos concelhos de Abrantes, Constância, Sardoal e Mação, na Av. Dr. João Augusto da Silva Martins, nº 31 -Arrifana, 2205-471 S. Miguel do Rio Torto.

Os Sapadores Florestais irão realizar ações de silvicultura preventiva, gestão de combustíveis, vigilância e primeira intervenção, serviços que estarão disponíveis também para os proprietários de terrenos que os queiram contratar.

Entretanto, no passado dia 13 de julho, na Pampilhosa da Serra, o Primeiro-ministro, António Costa, entregou 3 viaturas para a operacionalização da Brigada de Sapadores Florestais à Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo (CIMT), entre as quais a que ficará afeta ao concelho de Vila Nova da Barquinha.

A titularidade da Brigada (3 equipas de Sapadores Florestais) foi conferida à CIMT pela assinatura do termo de aceitação, no dia 12 de maio de 2018, entre a Comunidade e o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, no âmbito do Fundo Florestal Permanente.

Subcategorias

Esta página requer cookies para o seu bom funcionamento. Para mais informações consulte a politica de privacidade. Politica de privacidade .

Aceitar utilização de cookies
Politica de cookies