Reduzir fonte Letra tamanho normal Aumentar fonte
Portuguese English French Italian Spanish

Bombeiros recebem Medalha de Honra do Município

medalha merito BVB

Foi uma das cerimónias mais simbólicas do ano. A entrega de medalhas de assiduidade a diversos elementos do corpo de bombeiros, banda de música, dirigentes e sócios. A apresentação dos infantes – o futuro dos bombeiros. Os discursos elogiosos por parte de todos os oradores. O desfile de viaturas. Tudo uma grande demonstração de vitalidade de uma das mais importantes instituições do concelho – a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila Nova da Barquinha, que no dia 29 de novembro assinalou 90 anos, junto à sua sede.

Esta importante data foi o momento escolhido para entregar a Medalha de Honra do Município aquela associação “pelo reconhecimento do exemplar percurso da sua existência de 90 anos ao serviço da comunidade e da proteção e socorro das populações, com uma atuação sempre caraterizada pela abnegação e pela notável solidariedade para com o próximo”. A atribuição do título honorífico foi deliberada pela Assembleia Municipal de Vila Nova da Barquinha, na reunião de 30 de setembro de 2015, tendo sido entregue pelo Presidente da Assembleia Municipal, Rui Picciochi, o que constituiu um dos momentos altos da cerimónia.

A sessão solene do 90.º aniversário dos bombeiros contou com as intervenções do Comandante dos Bombeiros, Jorge Gama, Presidente da Assembleia Geral, Miguel Pombeiro, Presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila Nova da Barquinha, António Ribeiro, Presidente da Federação dos Bombeiros do Distrito de Santarém, Carlos Gonçalves, Comandante Operacional Distrital de Operações do Socorro, Mário Silvestre, Vice-Presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, Adelino Gomes, e do Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova da Barquinha, Fernando Freire.

Exercício da NATO com Posto de Atendimento no Centro Cultural

trident

Com o objetivo de apoiar e esclarecer as dúvidas dos cidadãos civis durante o exercício militar Trident Juncture15, que está a decorrer na região, a organização, da responsabilidade da Força de Resposta da NATO, tem em funcionamento no Centro Cultural de Vila Nova da Barquinha, até ao dia 6 de novembro, um Posto de Atendimento CIMIC (Civil-Military Cooperation).

O serviço funciona diariamente das 9h às 17h e é assegurado pela Companhia Geral CIMIC, que tem por missão a COORDENAÇÃO E COOPERAÇÃO CIVIL – MILITAR. No Trident Juncture 2015 para além da sua participação operacional no exercício, tem como responsabilidade a ligação com as autoridades locais e população da área territorial em que se vão desenrolar as operações militares, disponibilizando informação e minorando o impacto que o decorrer das atividades operacionais possa ter na vida das populações civis.

O Trident Juncture15 é um exercício militar de grande visibilidade que em Portugal vai decorrer nas zonas de Beja, Santa Margarida, Tancos (concelho de Vila Nova da Barquinha), Tróia e Setúbal, contando, em território nacional, com mais de 10 mil efetivos de 14 países.

O exercício contará com 940 militares integrados na Força de Resposta da NATO e 2220 militares nos meios complementares. Portugal disponibilizará mais 3000 militares que funcionarão como forças de apoio (HNS - Host Nation Support), totalizando cerca de 6000 efetivos portugueses envolvidos neste exercício.


Períodos de maior atividade

Região de Tancos, Vila Nova da Barquinha
23 a 28 de Outubro
Deslocamentos de forças e meios entre o Regimento de Engenharia nº1 (antiga Escola Prática de Engenharia) e o Cais de Tancos (maioritariamente antes das 08:00 e após as 18:00);
Utilização do Cais de Tancos;
Movimento de materiais no Rio Tejo.
25 a 27 de Outubro
Movimento de forças para a Unidade de Apoio da Brigada de Reação Rápida (antiga Base Aérea nº3) durante a noite e madrugada.
02 a 03 de Novembro
Deslocamentos de forças e meios entre o Regimento de Engenharia nº1 (antiga Escola Prática de Engenharia) e o Cais de Tancos (maioritariamente antes das 08:00 e após as 18:00);
Deslocamentos de forças e meios entre a Unidade de Apoio da Brigada de Reação Rápida (antiga Base Aérea nº3) e o Cais de Tancos (maioritariamente antes das 08:00 e após as 18:00).
 
Região de Arripiado, Chamusca
23 a 28 de Outubro
Colocação de brita à frente do cais do Arripiado para suavizar o declive. A brita será removida no final do exercício.
25 a 27 de Outubro
Movimento de forças entre o Campo Militar de Santa Margarida e a Unidade de Apoio da Brigada de Reação Rápida (antiga Base Aérea nº3) durante a noite e madrugada.
02 a 03 de Novembro
Após a transposição do Rio Tejo as forças deslocam-se para o interior do Campo Militar de Santa Margarida através de estradas e caminhos públicos e privados.

Subcategorias

Esta página requer cookies para o seu bom funcionamento. Para mais informações consulte a politica de privacidade. Politica de privacidade .

Aceitar utilização de cookies
Politica de cookies