Reduzir fonte Letra tamanho normal Aumentar fonte
Portuguese English French Italian Spanish

AVISO À POPULAÇÃO - Foco de infeção por vírus da gripe aviária H5N1 no Barquinha Parque

gripe aviaria slide

O Município de Vila Nova da Barquinha informa toda a população que foi detectado no Barquinha Parque um foco de infecção por vírus de gripe aviária de alta patogenicidade H5N1. Tem estado em permanente contacto com a Direcção Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV). Neste sentido, a autarquia solicita aos munícipes:

Que não alimentem os animais na zona do parque ribeirinho evitando assim a aproximação dos mesmos;
Que não circulem no perímetro sinalizado a fim de não ser um agente de propagação do vírus em capoeiras ou cativeiros onde coabitem espécies que sejam afetadas por esta gripe;
Que as aves de capoeira e em cativeiro deverão permanecer confinadas aos respetivos alojamentos de modo a impedir o seu contacto com aves selvagens.
 
Informações complementares/ Nota Informativa

A gripe aviária é uma doença infeciosa viral das aves que atinge aves selvagens, de capoeira e outras mantidas em cativeiro;
Algumas estirpes virais de Gripe Aviária são transmissíveis aos humanos. No entanto, para que tal aconteça, é normalmente necessária a ocorrência de contactos próximos entre as pessoas e as aves infetadas;
 As medidas impostas pela DGAV serão levantadas mediante Edital da mesma entidade.

O Presidente da Câmara Municipal, Fernando Santos Freire
11.01.2022

 

CONSULTE ESTES DOCUMENTOS INFORMATIVOS PARA SABER MAIS SOBRE ESTE VÍRUS E PROCEDIMENTOS DE SEGURANÇA/PREVENÇÃO A TER:

Edital 4 DGAV
O que é a Gripe Aviária (H5N1)
7 Passos para manter a Gripe das Aves fora da sua Capoeira

COVID 19 | Medidas de contenção

natal covid

Atendendo aos impactos que a época festiva que se aproxima pode ter, considerando que é expectável que a mesma resulte num aumento das interações sociais e dos convívios, e que importa ter uma atitude preventiva e responsável, tendo em conta o aumento de casos na região e de se registar sobretudo em crianças e jovens, a Comissão Municipal de Proteção Civil, após reunião no dia 2 de dezembro, recomenda que se adotem as seguintes medidas:
- Realização de testes Covid aos alunos não vacinados (entre os 6 e os 11 anos) antes do reinício das atividades letivas agendado para o dia 10 de janeiro.
- Suspensão de eventos culturais ou outros, da responsabilidade ou em parceria com o Município, que possibilitem a propagação do vírus, sem prejuízo do cumprimento da legislação e regulamentação em vigor.

Esta página requer cookies para o seu bom funcionamento. Para mais informações consulte a politica de privacidade. Politica de privacidade .

Aceitar utilização de cookies
Politica de cookies